Mitos e verdades sobre a rede móvel 4G

A rede de quarta geração já é bem consolidada no Brasil, mas ainda existem dúvidas sobre o uso do 4G, velocidade, conexão etc. A TIM, líder em cobertura em todo o País, com mais de 3.200 cidades, fez um levantamento com os principais mitos e verdades para esclarecer todas as dúvidas sobre a tecnologia. Confira!

Um aparelho 4G funciona também como 3G ou 2G?

Verdade. Assim como os chips 3G funcionam em celulares 2G, os 4G funcionam nos aparelhos 3G. Em termos de compatibilidade não há qualquer impedimento entre as tecnologias. No entanto, para ter a experiência 4G o usuário precisa de aparelho e chip compatíveis com a tecnologia de quarta geração, além de estar em uma área coberta. A TIM cobre, atualmente, 3.278 cidades em todo o País, liderando a cobertura da tecnologia de quarta geração.

Internet 4G é mais cara do que 3G?

Mito. Atualmente, as operadoras oferecem o serviço de internet com base na franquia de dados contratada, independentemente da tecnologia utilizada.

É impossível fazer ligações pela rede de quarta geração?

Mito. A ligação via rede 4G é feita através da tecnologia VoLTE (Voice over LTE), e tem qualidade superior a chamadas realizadas pela rede 2G ou 3G. A funcionalidade traz alta definição de voz, maior estabilidade dos serviços, redução do consumo de bateria e maior velocidade no estabelecimento das chamadas.

A TIM já disponibiliza o VoLTE para os clientes pré e pós-pagos em mais de 2.550 municípios brasileiros, englobando todas as capitais. O acesso à tecnologia depende de um smartphone compatível e da atualização do sistema operacional para a versão mais recente. Inclusive a TIM foi a única certificada pela Apple a liberar a tecnologia aos clientes que utilizam iPhone. Os consumidores poderão conferir no site a lista completa de modelos compatíveis, as cidades onde a funcionalidade está disponível, além de esclarecerem suas dúvidas sobre a tecnologia. Clientes pré, pós, controle e corporativos das cidades já contempladas têm acesso ao serviço.

A frequência de 700MHz, liberada em algumas cidades após o desligamento do sinal analógico da TV, melhora a qualidade do 4G?

Verdade. A faixa de 700Mhz permite melhor cobertura em ambientes indoor, como shoppings, garantindo maior qualidade de navegação aos usuários. Atualmente, a TIM lidera a oferta da rede de quarta geração nesta frequência, em mais de 1.280 cidades, incluindo todas as capitais. Até 2020, a empresa pretende chegar a mais de 4 mil municípios com sua rede 4G, alcançando 96% da população urbana, ativando a tecnologia na faixa de 700Mhz em todas essas localidades. A TIM foi pioneira na implantação da faixa de 700Mhz.

Todos os smartphones 4G comprados no exterior funcionam normalmente no Brasil?
Mito. O aparelho precisa ser homologado pela Anatel e compatível com a frequência utilizada pela operadora, já que não há um padrão universal para a banda 4G.

É possível utilizar o 4G de uma operadora brasileira no exterior?

Verdade. Para navegar na rede 4G fora do Brasil, o cliente precisa ter um aparelho compatível com a frequência do país visitado e um chip da tecnologia de quarta geração. No caso da TIM, por exemplo, ao solicitar a ativação dos pacotes de roaming, é possível navegar nos seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Canadá, Estados Unidos, Espanha, França, Holanda, Itália, Noruega, Reino Unido, Romênia e Suíça.

A principal diferença entre a rede 4G e a 3G é a velocidade?

Verdade. O 4G foi criado com foco na experiência de dados. Por conta disso, houve uma melhoria significativa em sua construção e desenvolvimento, com o objetivo de oferecer qualidade, velocidade e maior penetração dos usuários a sua rede. A rede de quarta geração também possui menor latência – tempo em que os dados saem de um ponto para outro, como no envio de um e-mail, por exemplo – melhorando consideravelmente a qualidade e a velocidade da internet.

Até mesmo as chamadas de voz no 4G são realizadas através de uma rede de dados (pacotes) com a tecnologia VoLTE, permitindo também desempenho superior ao serviço de voz 3G.

A velocidade da internet móvel no Brasil está muito abaixo da internet fixa?

Mito. A rede 4G, dependendo da velocidade que o usuário possui em casa ou na empresa, pode superar a velocidade da internet fixa. Esta vantagem só não ocorre quando a internet fixa é entregue por fibra óptica. Em locais afastados e de difícil acesso para a chegada de infraestrutura, como na ilha de Fernando de Noronha (PE), por exemplo, a rede móvel tem velocidade superior à rede fixa.

Quando o 5G chegar ao Brasil vai extinguir o 4G e 3G?

Na verdade, as tecnologias são complementares e não deixarão de existir. O 4G foi o primeiro passo para a preparação de novas soluções e o desenvolvimento da internet das coisas, em que objetos se conectam e compartilham informações entre eles. Além disso, no futuro, também será por meio desta rede que haverá uma interação direta com o wi-fi, melhorando a velocidade de transmissão de dados e conectividade dos aparelhos em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here